Zox na Mídia

Educação Financeira

Mesmo após inflação Ibovespa fecha em alta, acima dos 112 mil pontos – Confira!

Publicado

em

A bolsa brasileira Ibovespa fecha em alta nesta última quarta-feira. De acordo com os indicadores, houve uma leve alta que chegou a 0,20%, atingindo os 112.461 pontos, sendo esse o segundo ganho dessa semana. Durante o dia, a bolsa oscilou entre os valores mínimos e máximos, saindo de sua abertura, que era mais ou menos 112.232 pontos. Este giro chegou a mais de 36 bilhões em apenas uma semana. Nessa semana, há previsões de aumento do Ibovespa para algo em torno de 0,19% e 0,28%. Ao ano, a previsão é de uma alta de 7,29% no acumulado. No texto a seguir, iremos falar um pouco mais sobre o fechamento do Ibovespa em alta e quais fatores podem contribuir para essa alta. Sendo assim, se quer saber mais, continue lendo o texto.

Fatores que influenciaram o aumento do Ibovespa

Um dos grandes influenciadores do Ibovespa fechar em alta foi o desempenho excelente da Petrobras na quarta-feira. Mesmo que as ações da PETR4 tenham enfrentado uma leve queda durante a tarde, isso foi um grande contraponto durante a manhã, ainda que o dia tenha sido negativo para os grandes bancos e instituições financeiras, como é o caso do Banco Bradesco, que divulgou o seu balanço trimestral na noite de quinta-feira.

O petróleo foi um dos grandes commodities a apresentar ganhos nessa seção, que chegou próximo à casa dos 1%, graças a divulgação dos dados da semana referentes ao estoque dos EUA, que mostrou uma queda acentuada de mais de 4 milhões de barris. Ao final do fechamento da bolsa, o Ibovespa fecha em alta na quarta, ainda que tenha sido moderada, já foi possível sentir a confiança do mercado nas ações.

Investimentos vindos do exterior

O BofA ou Bank of America, elevou recentemente a sua recomendação sobre as ações do nosso país referentes ao marketweight, uma linha de desempenho do mercado, sendo mudada para a nova overweight, ou seja, uma linha de desempenho que está acima da média do mercado internacional, que corresponde à compra. Dessa forma, muitos investimentos estrangeiros passam a desembarcar em nosso país graças a tais indicadores.

Ainda que existam algumas preocupações em relação aos investimentos, o BofA considera o Brasil como sendo um país em potencial para o aumento dos lucros em 2022, disponibilizando avaliações extremamente atraentes, com diversas percepções de valores que tendem a ter uma contínua melhora. Segundo os investidores, é preferível escolher as ações de valores ao invés das ações de crescimento.

Isso ocorre, pois, existe uma rotação no mundo todo das ações de crescimento em detrimento das ações de valor, em que o Brasil é um dos grandes destaques desse movimento, sendo um dos poucos países que são elegíveis para esse tipo de rotação entre os países emergentes. No mês de janeiro, foi possível verificar um movimento bastante rápido no que tange a essas mudanças, no entanto, esse movimento não se mantêm durante muito tempo.

Rotação das ações Ibovespa

Como dito, houve milhares de pessoas que entraram no mercado, em um fluxo muito grande, o que favoreceu o câmbio de equilíbrio. As pessoas do nosso país acabaram vendendo as ações, enquanto os estrangeiros compraram elas, no entanto, a longo prazo, não há como continuar comprando tais ações por quaisquer preços, conforme o economista Thomas Giuberti. Ainda que essa rotação seja considerada longa, não há qualquer sinal indicador que demonstre uma proximidade com o final.

Veja também:
Tesouro Direto 2022: O que esperar para esse ano
Inflação em 2022 e 2023 tem projeção de altas fortes, mostra Focus
Taxa Selic 2022 – O que se esperar até o final do ano

Nos meses de novembro e dezembro de 2021, o mercado financeiro do nosso país era visto como algo abandonado. No entanto, com o crescimento da taxa Selic, houve uma grande atração de recursos vindos do exterior, através do carry trade, o que fez com que a bolsa do nosso país se tornasse mais atrativa. O Banco Central manteve um tom bastante assertivo na sua comunicação, de forma a manter todas as expectativas sobre os investimentos.

Ainda de acordo com os dados revelados pelo Banco Central a respeito do fluxo de câmbio em 2022, grande parte do volume de investimentos na bolsa irá continuar. Somente em janeiro, mais de 32 bilhões foram investidos por estrangeiros. Em fevereiro, outros 7 bilhões foram investidos, somando apenas no primeiro trimestre do ano, mais de 38 bilhões em recursos vindos de outros países. Ibovespa

Publicidade