Zox na Mídia

Finanças

Cadastro Único: descubra como se cadastrar e atualizar dados

Publicado

em

O Cadastro Único (CadÚnico) se trata da principal ferramenta do governo para incluir famílias de baixa renda para receber os benefícios dos programas federais. Como, por exemplo, a Tarifa Social se Energia Elétrica e o Benefício de Prestação Continuada (BPC). Além disso, oferece acesso Auxílio Emergencial e ao Auxílio Brasil, entre outros benefícios.

Veja também:

Como fazer portabilidade do FGTS para saque aniversário; confira 9 passos simples – Zox News

Novo valor de R$ 451 do Auxílio Brasil em maio; veja como calcular – Zox News

Melhor cartão de crédito 2022; conheça as melhores opções – Zox News

Contudo, essas se tratam de informações que os governos estaduais e municipais costumam usar para implementar políticas públicas. No entanto, estar no Cadastro Único não implica a entrada automática nesses programas. Pois, cada um possui suas próprias regras específicas. Mas, este é um pré-requisito para que o pedido seja avaliado.

Quem pode fazer a inscrição no Cadastro Único?

  • Famílias cuja renda mensal não ultrapasse meio salário mínimo por pessoa;
  • Famílias com renda mensal bruta não superior a três salários mínimos;
  • Famílias com renda acima de três salários mínimos, desde que o cadastro esteja relacionado à inclusão de programas sociais nas três esferas de governo;
  • Indivíduos que vivem sozinhos — o que é conhecido como famílias unipessoais; 
  • Pessoas que vivem na rua — sozinhas ou com a família.

Como eu sei se já estou inscrito no Cadastro Único?

Para saber se você já está inscrito no Cadastro Único, existem várias opções de consulta. Portanto, uma delas é através do site, nesta opção, você deve seguir o passo a passo abaixo:

  1. Em primeiro lugar, você deve acessar o site do Cadastro Único;
  2. Em seguida, faça o preenchimento do formulário com todos os dados necessários. Como, por exemplo, data de nascimento, o nome da mãe e selecione o estado e município onde mora;
  3. Por fim, basta clicar em “Emitir” e ver o resultado se está inscrito ou não.

Além da consulta pelo site, existe mais uma opção de consultar online. Através do aplicativo, confira  passo a passo:

  1. Em primeiro lugar, você deve baixar o aplicativo, na App Store ou na Gogle play Store;
  2. Em seguida, abra o aplicativo e clique na opção entrar;
  3. Por fim, você deve preencher um formulário igual ao do site, usando o seu nome, data de nascimento, nome da mãe e lugar onde mora.

Ainda existe a opção de consultar por meio do telefone do Ministério da Cidadania, veja os números:

  • Ligue para 0800 707 2003;
  • Selecione a opção 5.

Como atualizar meus dados no Cadastro Único?

Agora que já sei que estou inscrito no Cadastro Único, como atualiza meus dados? Assim com a consulta abordada acima, a atualização cadastral pode ser realizada online através do site ou aplicativo do Cadastro Único. Então, confira o passo a passo:

  1. Em primeiro lugar, você deve acessar o site ou aplicativo;
  2. Em seguida, dentre as opções apresentadas, clique em “Atualização cadastral por confirmação”;
  3. Então, você deve fazer o login, usando o CPF e a senha da conta Gov.br;
  4. Os blocos de Endereço da Família e Composição Familiar serão exibidos. A recomendação é começar com o bloco de Endereço da Família e depois passar para a Composição Familiar. No entanto, o usuário deve verificar se todas as informações exibidas permanecem inalteradas;
  5. No bloco de Composição Familiar, o usuário será perguntado se o número de membros da família mudou. Em seguida, é necessário confirmar que os dados relativos a cada membro permanecem inalterados;
  6. O usuário deve então selecionar a opção para confirmar a autenticidade dos dados fornecidos;
  7. Por fim, você precisa clicar no botão “Confirmar dados do Cadastro Único”.

Como e cadastrar no Cadastro Único?

Para se cadastrar com mais facilidade e segurança no Cadastro Único, você deve seguir o passo a passo abaixo:

  1. Pré-cadastro através do site ou aplicativo: você pode fazer o pré-cadastro através do aplicativo ou do site do Cadastro Único. No entanto, esta parte é opcional, o seu único intuito é torna o processo mais rápido;
  2. Vá até um CRAS ou posto do Cadastro Único: Após preencher o pré-cadastro, você tem um prazo de até 120 dias para ir até um Posto de Atendimento do Cadastro Único e apresentar os documentos obrigatórios para o cadastro;
  3. Documentos necessários: a pessoa que vai cadastrara a família, deve ser maior de 16 anos, ser de preferência mulher possuir o CPF ou Título de Eleitor. No entanto, esta pessoa é o que o CadÚnico chama de responsável familiar. Conduto, além do seu CPF ou Título de Eleitor, leve também um documento de cada pessoal da família. Entretanto, servem qualquer um dos seguintes: Certidão de Nascimento, Certidão de Casamento, CPF, Carteira de Identidade – RG, Carteira de Trabalho, Título de Eleitor e Registro Administrativo de Nascimento Indígena (RANI) – somente se a pessoa for indígena;
  4. Entrevista para o cadastro: a etapa mais importante que o chefe de família deve realizar ao buscar atendimento no Cadastro Único, seja no CRAS ou em um posto do Cadastro Único, é a entrevista. Os entrevistadores sociais que são funcionários municipais farão perguntas sobre vários aspectos da realidade da família;
  5. Por fim, quando os dados da família são inseridos pela primeira vez no Cadastro Único, o sistema verifica se um membro do domicílio já possui NIS. Se não o fizerem, um será atribuído a eles.

Fontes: G1 e fdr.

Publicidade