Zox na Mídia

Sem categoria

Como fazer consulta do Auxílio Brasil pela internet

Publicado

em

O Auxílio Brasil é um programa social para famílias carentes (de R$ 105,01 a R$ 210 por pessoa/mês), desde que inclua gestantes, nutrizes (mães que amamentam), crianças, adolescentes ou jovens de 0 a 21 anos em extrema pobreza (a renda mensal por pessoa chega a 105 yuans).

Veja também:

Dinheiro esquecido do PIS PASEP – Confira quem pode sacar – Zox News

Auxílio-gás em julho – Veja o calendário e quem tem direito ao pagamento – Zox News

Entenda como funciona o 5G e quais são as novidades da tecnologia – Zox News

Recentemente, o governo federal anunciou planos para aumentar as parcelas do Auxílio Brasil de 400 reais para 600 reais até o final do ano. A ampliação estava prevista na Emenda Constitucional (PEC) do estado de emergência. Várias outras medidas também são calculadas no artigo, como o aumento do voucher do gás para 120 reais.

Como obter ajuda Brasil

Para obter ajuda do Auxílio Brasil, pode contar com os seguintes canais:

No telefone

Os beneficiários podem ligar para o Ministério da Cidadania pelo telefone 121;

Além disso, o beneficiário também pode ligar para o telefone 111 da Central de Atendimento da Caixa.

Por aplicativo

Primeiro, no aplicativo Auxílio Brasil (download gratuito para Android e iOS);

Por fim, no aplicativo Caixa Tem (download gratuito para Android e iOS).

para quem foi criado o auxilio

O Auxílio Brasil é voltado para famílias extremamente pobres. Famílias pobres também podem recebê-lo, desde que seus membros incluam mulheres grávidas ou pessoas com menos de 21 anos.

As famílias extremamente pobres são aquelas com renda per capita mensal igual ou inferior a R$ 105, e as famílias pobres com renda per capita mensal igual ou inferior a R$ 105, entre R$ 105,01 e R$ 210.

O governo anunciou planos para aumentar a parcela do Auxílio Brasil de 400 reais para 600 reais até o final deste ano.

O aumento é uma das medidas previstas em uma proposta de emenda à Constituição, conhecida como PEC Kamikaze, que prevê uma série de benefícios sociais antes das eleições e somente este ano, em simultâneo em que coloca em risco a conta pública do Estado.

O Palácio do Planalto planeja pagar um adicional de 200 reais do Auxílio Brasil sob mandato da PEC em julho, uma vez que as propostas de emenda à Constituição (PEC) são aprovadas no Congresso mais lentamente do que o governo esperava.

Existem três possibilidades para o Brasil receber ajuda:

Se você já possui o Bolsa Família: o Auxílio Brasil será pago automaticamente

Se você está no CadÚnico e não recebeu o Bolsa Família: acesse a lista de fallback

Se você não estiver no CadÚnico: você deve procurar o Cras para se cadastrar, mas não é garantido o recebimento

Quais são os dias de pagamento?

Os pagamentos do Auxílio Brasil utilizam os mesmos registros dos beneficiários do Bolsa Família. Assim, mantém-se a mesma data de inscrição no programa, que leva em consideração o fim do Número de Cadastro Social (NIS).

Como acessar o Auxílio Brasil

Para solicitar esse benefício, sua família deve estar cadastrada no CadÚnico. Se você já está registrado, verifique se seus dados foram atualizados nos últimos dois anos. É importante manter as informações atualizadas.

Vale ressaltar que os beneficiários do extinto Bolsa Família renovaram seu cadastro no CadÚnico, migrando automaticamente para o Auxílio Brasil. No entanto, o cadastro no sistema não garante a bolsa: mensalmente, a Secretaria de Cidadania seleciona as famílias informatizadas para serem incluídas no pagamento da bolsa. O processo de seleção é baseado em dados inseridos pelo município de cadunico.

O que é o CadÚnico e como se inscrever

O CadÚnico é o cadastro único dos programas sociais do governo federal. Por meio dele, as famílias de baixa renda no Brasil podem ser identificadas. Portanto, podem ser incluídos em esquemas de assistência social ou redistribuição de renda, como o Auxílio Brasil. Você não pode receber este benefício se não estiver cadastrado no CadÚnico.

Para se cadastrar, sua família deve ter renda mensal não superior a meio salário mínimo por pessoa, ou renda mensal total não superior a três salários mínimos. Indivíduos que moram sozinhos ou sem-teto também podem se inscrever.

Se você ainda não está cadastrado no CadÚnico e sua família atende aos requisitos, encontre o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo de sua casa. Não pode ser incluído no sistema através de um pedido de Internet.

Isso ocorre porque os municípios são responsáveis ​​pelo registro. Se não houver CRAS próximo, entre em contato com a prefeitura para saber como se inscrever.

Fontes: NoticiasConcursos e MeuBolsoemDia 

Publicidade