Zox na Mídia

Finanças

Auxílio-gás em julho – Veja o calendário e quem tem direito ao pagamento

Publicado

em

Cidadãos na folha de pagamento do selo nacional de gás não devem receber nenhuma parcela do benefício em julho. É o que diz o Ministério da Cidadania. O departamento responsável pelo projeto de transferência disse que o próximo lançamento do saldo está planejado para agosto. O Auxílio-gás do governo federal é um programa bimestral que é pago sempre a cada dois meses.

É assim que o projeto executou a transferência desde que foi lançado em dezembro passado. Logo depois, os depósitos ocorreram em fevereiro, abril e junho.

Veja também:

Entenda como funciona o 5G e quais são as novidades da tecnologia – Zox News

Auxílio Brasil de 600 reais – Confira quem tem direito – Zox News

Nova crise das criptomoedas – Veja o que está acontecendo – Zox News

Logicamente, o próximo mês de pagamento é agosto, e nem o PEC do benefício pode alterar as instruções. Nas últimas semanas, o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), chegou a insinuar que o programa poderá se tornar mensal no segundo mandato. No entanto, essa ideia não é abordada nesta PEC e, mesmo que aprovada, a divulgação bimestral continuará.

Especialmente no que diz respeito ao Auxílio-Gás, o texto do projeto prevê um aumento no valor do pagamento. Hoje, números do Ministério da Cidadania mostram que, segundo dados de junho, cada cidadão participante do benefício receberá 53 reais.

Se a PEC for aprovada, o saldo aumentará para cerca de R$ 120 a cada dois meses. O número de usuários não vai mudar muito. O texto da PEC não prevê mudanças nesse sentido. Mais de 5 milhões de brasileiros foram elegíveis ao benefício em junho, segundo o Ministério da Cidadania. Esse nível permanecerá praticamente inalterado pelos próximos seis meses.

ajuda do auxilio retorna

O Auxílio-Gás deve dar uma pausa em julho, mas o Auxílio Brasil já tem data de retorno. No dia 18, os usuários que participam do programa e possuem Número Final de Cadastro Social (NIS) 1 poderão receber o benefício.

O Ministério da Cidadania não divulgou números oficiais, mas a partir da próxima semana, cerca de 18 milhões de brasileiros poderão receber benefícios. Ninguém na folha de pagamento precisa se preocupar em se matricular.

Dependendo da própria pasta, o processo de transferência é feito automaticamente. Para o mês de julho, não há planos de alterar a estrutura do programa. Se aprovadas pela PEC, as mudanças só entrarão em vigor a partir de agosto próximo.

Cupom de gás

Auxílio-Gás e Auxílio Brasil são planos diferentes, mas possuem a mesma estrutura de pagamento. Segundo o Ministério da Cidadania, não há impedimento para que um mesmo usuário acumule os dois benefícios.

De fato, estima-se que mais de 5 milhões de beneficiários de Auxílio-Gás também sejam usuários do Auxílio Brasil. São cidadãos que acumulam sempre dois valores a cada dois meses.

Assim como no Auxílio Brasil, não há necessidade de solicitar o Auxílio-Gás diretamente. Independentemente da aprovação da PEC, basta aguardar a seleção automática do Ministério da Cidadania.

Na segunda-feira (22), o governo federal aprovou uma lei chamada “Auxílio-Gás”. O programa vai ajudar famílias de baixa renda a comprar botijões de gás de 13kg. Os preços do gás para o projeto aumentaram quase 30% desde o início do ano.

De acordo com o texto legal que estabelece o auxílio “Gás dos Brasileiros”, as famílias beneficiárias terão direito a um valor parcial igual a pelo menos 50% do preço médio de referência em 13 países a cada dois meses. cilindro kg.

Na semana passada, a Agência Nacional de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (ANP) anunciou que o preço médio de uma garrafa de gás de cozinha é de 102,52 reais. No entanto, o pagamento ainda não tem data de início. A expectativa é atender 19 milhões de famílias.

Quem é elegível?

De acordo com artigo do G1, terão direito ao Auxílio-Gás os seguintes grupos: Famílias inscritas no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) com renda mensal per capita menor ou igual a meio salário mínimo nacional (R R$ 550,00); familiares que moram no mesmo domicílio recebem benefícios que continuam a prestar assistência social, o BPC oferece um salário mínimo mensal para pessoas com deficiência e idosos com 65 anos ou mais que demonstrem ser incapazes de prover para si ou para seus familiares pensão alimentícia .

Como saber se sou elegível?

O Departamento de Cidadania deve fornecer um link para aconselhamento. No entanto, não será possível se inscrever no programa. Os vouchers de gás usarão o Cadatro Único e o banco de dados do BPC para pagar os benefícios.

O que são termos processuais?

O programa terá duração de 5 anos. Portanto, espere fazer 30 parcelas, já que os pagamentos são feitos a cada dois meses.

Fonte: NoticiasConcursos e FDR.

Publicidade