Zox na Mídia

Educação Financeira

Abono Salarial: trabalhadores nascidos a junho já começaram a receber

Publicado

em

Pessoas que trabalham na iniciativa privada e nasceram no mês de junho começam a receber no dia de hoje o seu abono salarial referente ao ano de 2020. De acordo com a Caixa Econômica Federal, os pagamentos iniciaram no dia oito de fevereiro e serão feitos até o dia 31 do mês seguinte, em conformidade com a data de nascimento da pessoa beneficiária. Além do mais, os trabalhadores da iniciativa pública também receberam o seu abono salarial, que passou a ser pago desde o dia 15 e continuará até o próximo dia 24 do mês de março, em conformidade com o dígito final da inscrição do trabalhador.

Se você trabalha na iniciativa pública ou privada e quer saber quando vai receber o seu abono salarial, saiba que está no lugar certo. Isso porque, no texto a seguir, iremos falar a data do pagamento de cada um dos benefícios aos servidores da iniciativa pública e privada, de acordo com o número do seu cadastro. Sendo assim, se você quer saber quando irá receber o seu, continue a leitura desse texto até o final e tire todas as dúvidas referente ao benefício e a data do seu pagamento.

Sobre o abono salarial

Trata-se de um benefício que pode chegar até um salário mínimo e pago as pessoas trabalhadoras que estão inscritas no PIS (Programa de Integração Social) ou PASEP (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público). Cabe destacar que os trabalhadores que irão receber esse benefício devem estar inscritos nos programas há pelo menos 5 anos.

Além disso, estão aptos a receber o benefício, as pessoas que trabalharam de carteira assinada durante pelo menos 30 dias no ano de 2020, recebendo uma remuneração média que não ultrapasse dois salários mínimos. Cumpre destacar que este benefício não é disponibilizado às empregadas domésticas. Isso acontece porque o abono salarial necessita de um vínculo empregatício e com empresa ou órgão público, não estando nas regras vínculos empregatícios entre pessoas físicas.

Os valores que serão pagos irão depender de cada um dos trabalhadores, tendo como base o tempo que foi trabalhado no ano de 2020. De acordo com estimativas, mais de 22 milhões de pessoas receberão o abono salarial. A origem dos recursos para pagamento dos trabalhadores será do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador).

Como receber o abono salarial?

De acordo com informações apresentadas pela Caixa Econômica Federal, o abono salarial será depositado de forma automática nas contas das pessoas que possuem vínculo com o banco. Já aquelas que não possuem uma conta na Caixa, irão receber os valores através da poupança social digital, que pode ser movimentada a partir do aplicativo Caixa Tem. Caso a pessoa opte por não abrir uma conta digital na instituição, ela poderá realizar o saque a partir do cartão cidadão, em qualquer um dos terminais de autoatendimento das unidades lotéricas mais próximas.

Veja também:
INSS: 11 mil pessoas serão beneficiadas em maio; veja como consultar
Governo de Petrópolis prorroga novos prazos de pagamento do IPVA; Entenda
MEI 2022: Veja as novas regras e os valores da contribuição

Calendário de pagamento

Para os trabalhadores da iniciativa privada, o calendário de pagamento acontecerá da seguinte forma:

Mês de nascimentoData do pagamento
Janeiro08 de Fevereiro
Fevereiro10 de Fevereiro
Março15 de Fevereiro
Abril17 de Fevereiro
Maio22 de Fevereiro
Junho24 de Fevereiro
Julho15 de Março
Agosto17 de Março
Setembro22 de Março
Outubro24 de Março
Novembro29 de março
Dezembro31 de Março

Já para os trabalhadores que trabalham na iniciativa pública, o calendário será:

Número final da inscriçãoData de pagamento do benefício
015 de Fevereiro
115 de Fevereiro
217 de Fevereiro
317 de Fevereiro
422 de Fevereiro
524 de Fevereiro
615 de Março
717 de Março
822 de Março
924 de Março

Quanto vou receber?

Como dito, o valor a ser pago no abono salarial irá depender da quantidade de meses trabalhados no ano de 2020. Isso significa dizer que, a cada mês trabalhado neste ano, o trabalhador tem direito a R$101. Se ele chegou a trabalhar durante os 12 meses, terá direito a receber R$1212 a título de abono salarial. Portanto, se você não trabalhou durante o ano todo e prestou serviço por apenas alguns meses, basta fazer o cálculo levando em consideração que cada mês trabalhado será pago o valor de R$101.

Fonte: EBC.COM.BR

Publicidade