Zox na Mídia

Contas Digitais

Veja qual o melhor para investir: Conta digital ou Tesouro Selic

Publicado

em

O investimento Conta digital ou Tesouro Selic ocorrem por meio, do CDB e Tesouro Direto, respectivamente.

Nesse sentido, tanto o CDB quanto o tesouro selic, são investimentos muito utilizados por investidores e conta com um rendimento maior que da poupança.

Veja também:

Cartão de crédito Leader – Aprenda a pedir o seu! – Zox News

Cartão BV Livre Gold – Tire todas as suas dúvidas e veja como solicitar – Zox News

Empréstimo Mercado Livre – Crédito online e rápido – Zox News

Se você está com dúvidas quanto a investir em Conta digital ou Tesouro Selic, leia o artigo conheça o melhor investimento se é a Conta digital ou Tesouro Selic.

CDB

O CDB significa Certificado de Depósito Bancário e consiste em um título privado, por isso tem um risco de crédito, dependendo do valor investido.

Nesse sentido, esse tipo de investimento conta com a proteção do FGC – Fundo Garantidor de Crédito, que cobre valores investidos em até R$ 250 mil, se o banco falir. 

Quanto mais tempo, o valor passa investido, menos imposto de renda o investidor terá que pagar.

Ademais, a lógica do CDB é que quem compra esse tipo de investimento, está emprestando dinheiro para os bancos financiarem suas atividades.

E em troca, o investidor recebe juros, uma remuneração por ter deixado o valor sendo investido por determinado período de tempo.

Além disso, os CDBs podem ser encontrados em duas variações: o pré-fixado e pós-fixado.

Desse modo, no pré-fixado, o rendimento do investimento é anual e fixo, e não sofre mudanças independente da variação da inflação ou taxa selic.

E no pós-fixado, o investimento está ligado ao CDI – Crédito de Depósito Interbancário, a oscilação do  IPCA – Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo e a taxa selic.

Tesouro Direto

O Tesouro Direto consiste em um programa que permite que pessoas físicas comprem títulos do Governo Federal online e surgiu em 2002.

Entre os títulos do Tesouro Direto, existe o título pós-fixado chamado Tesouro Selic, que acompanha a oscilação da taxa básica de juro básico da economia.

Desse modo, a cada 45 dias, o Banco Central realiza reuniões para definir a taxa selic.

Ademais, o investimento tesouro selic é pouco volátil, no qual o preço do papel varia pouco ao decorrer do tempo e o investimento tem liquidez diária.

Se o investidor precisa vender seu papel antes do tempo previsto, não tem perdas financeiras, será pago o retorno até determinada data. Inclusive, por isso é muito usado como reserva de emergência.

Portanto, a rentabilidade é sempre positiva, maior ou menor, de acordo com o tempo que o dinheiro fica investido.

É melhor investir em Conta digital ou Tesouro Selic?

Para tomar a decisão, se investe em rendimentos da Conta digital ou Tesouro Selic, considere os seguintes pontos:

Risco

Tanto a Conta digital ou Tesouro Selic são rendimentos de renda fixa, isso significa que correm o mesmo risco de crédito, ou seja, o risco do emissor não pagar ao investidor.

Nesse sentido, ao investir em uma conta digital, você estará emprestando dinheiro ao banco e ao investir no Tesouro Selic, você estará emprestando dinheiro ao Governo.

Quanto ao risco, ele existe em qualquer investimento, mas quanto a investir em Conta digital ou Tesouro Selic eles são muito baixos, chegam a quase zero.

Além disso, é importante pontuar que o CDB possui o FGC – Fundo Garantidor de Crédito, instituição que cobre investimentos de até R$ 250.000,00 se o banco falir.

Aplicação mínima

O Tesouro Direto possui uma regra, onde o mínimo que o investidor pode comprar de um título é de 1% do seu valor total.

Ademais, quanto ao CDBs a aplicação inicial varia conforme cada título, mas é rotineiro encontrar CDBs que não possuem investimento mínimo.

Inclusive, os CDBs que rendem 100% do CDI costumam ser mais acessíveis ao investir iniciante.

Liquidez

A liquidez consiste na facilidade e velocidade com o que o investidor pode transformar um investimento em dinheiro, sem perder valor.

Os títulos públicos asseguram o resgate do investimento quando o aplicador quiser, alguns CDBs também.

No entanto, é válido mencionar que ao resgatar esse valor antes do vencimento, o resgate será pelo preço que o ativo está sendo negociado no mercado.

Ademais, alguns CDBs permitem que o investidor resgate o dinheiro a qualquer momento, sem perda alguma e com o que rendeu até aquele momento.

Tributos

Os tributos da Conta digital ou Tesouro Selic são os mesmos.

Portanto, ao pensar sobre investir em Conta digital ou Tesouro Selic, é necessário considerar todos os pontos acima.

Ademais, tanto o CDB investido em conta digital quanto o Tesouro Selic investido no Tesouro Direto são aplicações de renda fixa e sua previsibilidade é um fator-chave no momento de escolher entre o investimento.

Além disso, se você é um investidor que procura por uma aplicação a longo prazo com valores reduzidos, como R$ 30, é recomendado investir em títulos do Tesouro Direto.

Mas, se você deseja investir em uma aplicação com prazos variáveis e valores maiores, como R$ 1.000, é interessante investir em CDBs.

Fontes: Seu Crédito Digital, InfoMoney, Mobills.

Publicidade